Pular para o conteúdo principal

Ponteira para caneta de tablet: quando acaba...


... acaba o seu sossego também. Quem trabalha com mesa digitalizadora 24h por dia sabe.

Tenho uma Wacom Bamboo Connect, excelente ferramenta de trabalho para colorização digital - há quem sonhe com uma Wacom Cintiq, mas pessoalmente acho um luxo desnecessário. Basta pesquisar os preços, e reconhecer que o mesmo que faz com uma Cintiq, fará com uma Bamboo ou uma Intuos.



Mas o assunto em voga não é este. Quem tem uma Cintiq tem grana o suficiente pra pagar 50 pilas num pacotinho sem vergonha com cinco, CINCO PONTINHAS de reposição: se resolver calcular o frete (sim, pontas só por loja virtual), tentar economiza e pagar por três pacotinhos, sai o preço de uma caneta novinha, e o pior: não são vendidas sem o extrator de pontas. Quem já tem um, vai colecionando...


Isso cabe uma observação: em comparação com os modelos antigos, a Wacom melhorou muita coisa na nova Bamboo, mas judiou na textura dos novos modelos: na tentativa de imitar o 'agarre' do papel na caneta, de tão abrasiva literalmente devoram as pontas com farinha. E cá entre nós, designer é uma dureza. Ô raça sem grana. Se isso fosse mentira, não haveriam tantos apelando para a seção gambiarras tutoriais deste blog! XD

Mas, FOCO! Acabaram-se as pontas, tenho de entregar o freela e tô sem grana. E agora?

Esse tutorial para tablets Genius, pescado meio por acaso do blog do grande profissional da ilustração Mozart Couto, caiu do céu. Ele mesmo pondera sobre a desvantagem de se usar pontas gastas na tablet, pois pode arranhá-la de verdade. Duvidei, mas por pura cretinice, eu fiz. Funcionou para a minha Wacom Connect.

Acompanhe abaixo a preserpada:

Material: 
• Alicate de cortar fio;
• Fio de nylon de para roçadeiras de grama de 2mm de diâmetro;
• Uma lixa de unha para acabamento fino;
• Seu extrator de pontas ou uma pinça de sobrancelhas.



Extraia a ponta com cuidado usando o extrator ou a pinça. Ela dá uma resistência, mas puxe com carinho que ela sai. Use a ponta tirada para medir o tanto de fio que irá cortar - corte com cuidado, pois o nylon é chato de cortar e fica achatado. Você também pode cortar com um estilete,  o corte ficará mais limpo e mais fácil de lixar.



Agora o mais importante: paciência. Lixe bem a ponta que irá em contato com a caneta. Se não ficar bem retinha, não terá contato com o circuito interno, e a caneta não funcionará! Lixe bem a outra ponta que irá no contato com a tablet, deixando-a mais arredondada, pois para tablets Wacom, fica mais cômoda para trabalhar e não arranha.



Encaixe a ponta na caneta, e se precisar, dê mais acabamento com cuidado para não arranhar a caneta. Se o fio de nylon for mais fino que a ponta, uma voltinha de durex basta para deixa-la um pouco mais grossa e encaixar na caneta. Voilá! Uma ponta de toque mais macio, e o mais importante: muito mais barata.


Eu fiz, funcionou e vou continuar fazendo! Sintoma de pobreza que nada: quem tentar e der certo, espalhe a ideia! Talvez assim, a Wacom e outros fabricantes baixem os preços, e forcem a venda de ponteiras originais em outros pontos, como papelarias. =)

Baseado no PDF original encontrado em http://blogdodesenhador.blogspot.com.br. Agradecimentos a Mozart Couto pela dica! 

Comentários

  1. Oi! Muito obrigada por visitar meu blog e divulgar a informação! Muito legal da sua parte citar a fonte. Logo devo fazer um vídeo com esse tutorial, o pessoal tá pedindo. Um abraço, parceiro! <3

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Perspective for Comic Book Artists

Olá, gente! A pedido de um amigo seguidor do DESENHURAS, posto aqui um livro de desenho sobre perspectiva para quadrinhos de David Chelsea, que por sorte encontrei em meus arquivos, pois nem me lembrava de tê-lo aqui. Bom, o livro está em inglês, mas mesmo assim dá para estudar a aplicação da perspectiva nos quadrinhos. Um abraço a todos.

Burne Hogarth em português

Olá, gente!

Segue ai um ótimo livro do desenhista de quadrinhos estadunidense Burne Hogarth. Esta versão está em português e foi publicada em e-book gratuíto pelo blog Desenhistas Autodidatas cujo link segue ai para possíveis visitas: http://desenhistasautodidatas.blogspot.com.br/. Achei importante contribuir com a divulgação e por isso estou postando aqui também o e-book. Quem desejar conhecer este blog, eu recomendo, pois é muito interessante e também tem muito material sobre a arte de desenhar. Bem, até a próxima. 

Novo desenho feito direto no PC

Uma nova tentativa de desenho com a mesa digitalizadora Wacom e o software livre MyPaint. Não vou negar que estou achando muito frustrante desenhar olhando para a tela do computador ao invés de olhar para o lugar onde estou desenhando. Mas, fazer o quê? Quem não tem como comprar uma daquelas mesas digitalizadoras de alta qualidade, se vira com o que consegue.