Pular para o conteúdo principal

HQ: A HISTÓRIA DAS NOSSAS HISTÓRIAS


Na manhã da última segunda-feira, 15 de julho, o público pode conferir a abertura da exposição HQ: A História das Nossas Histórias, no foyer do CAHL (Centro de Arte, Humanidades e Letras), na cidade histórica de Cachoeira, localizada no recôncavo baiano.
             Com curadoria dos alunos Marcos Franco, Stephanie Barbosa, Zilda Marcelina e George Silva, a exposição traça um panorama da história do quadrinho nacional. Segundo Marcos Franco, que também é quadrinhista, a mostra tem caráter histórico e destaca a trajetória das histórias em quadrinhos nacionais, desde sua origem, no século XIX, até a contemporaneidade.
              Os módulos expositivos da mostra seguem uma ordem cronológica, desde a origem dos quadrinhos nacionais, enfocando o trabalho de Angelo Agostini (autor pioneiro dos quadrinhos no país) aos gêneros ficcionais mais frutíferos. O discurso expositivo relaciona o contexto no qual cada quadrinho foi criado, apontando as características iconográficas e a identidade estilística na produção do período.
             Estarão sendo expostas revistas, álbuns e reproduções de obras de mestres do quadrinho brasileiro como Nico Rosso, Flávio Colin, Primaggio Mantovi, José Lanzellotti e Jô Oliveira; e de outros grandes nomes do passado e presente, como Francisco Vilachã, Angeli, Gustavo Machado, Santiago, Laudo Ferreira Júnior, Márcio Nicolosi, Leonardo Melo, João Pinheiro, Spacca, Guilherme Caldas, Paula Mastroberti, Allan Goldman, Christie Queiroz, Carlos Ferreira, Cristina Judar e Gil Mendes.   
            A exposição, que integra a grade curricular do curso de Museologia, da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), estará aberta a visitação das 8:00h às 18:00h, com entrada franca, até o dia 25 de julho de 2013, na Rua Maestro Irineu Sacramento, S/N, Centro - Cachoeira-BA. 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Perspective for Comic Book Artists

Olá, gente! A pedido de um amigo seguidor do DESENHURAS, posto aqui um livro de desenho sobre perspectiva para quadrinhos de David Chelsea, que por sorte encontrei em meus arquivos, pois nem me lembrava de tê-lo aqui. Bom, o livro está em inglês, mas mesmo assim dá para estudar a aplicação da perspectiva nos quadrinhos. Um abraço a todos.

XIII Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja

O Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja realiza-se este ano entre os dias 26 de Maio e 11 de Junho, abraçando exclusivamente o Centro Histórico da cidade e em especial o Largo do Museu Regional, epicentro desta Festa da BD.

São 18, as exposições patentes ao público, e 10, os países representados, da Argentina à Dinamarca, passando por Angola e pela Roménia…

Para além das exposições, o Festival oferece aos visitantes uma Programação Paralela bastante diversificada onde pontuam as apresentações de projetos, as conversas à volta da BD, o lançamento de livros, as sessões de autógrafos, workshops, concertos desenhados, etc., etc.

Como não podia deixar de ser, o Festival tem também à disposição dos visitantes o Mercado do Livro - a maior livraria do país durante este período, com mais de 60 editores presentes - e uma zona comercial com várias tendas instaladas (venda de action figures, arte original, posters, prints, etc.)

O Festival inaugura sexta-feira, 26 de Maio, à…

44º SALÃO INTERNACIONAL DE HUMOR DE PIRACICABA

Já estão abertas as inscrições para o 44º Salão Internacional de Humor de Piracicaba. As inscrições podem ser feitas por correios, em nosso endereço: Av. Maurice Allain, 454 – Engenho Central -Caixa Postal 12 – CEP 13.405-123 – Piracicaba SP BRASIL ou online, no formulário disponível em nosso site http://salaointernacionaldehumor.com.br/inscricoes-2017/ e o regulamento pode ser baixado pelo link: http://salaointernacionaldehumor.com.br/wp-content/uploads/2017/03/sidhp-regulamento-2017.pdf
O tema sugerido pela organização do evento para a categoria PRÊMIO TEMÁTICO  é Criança: A criança que já exerce sua cidadania; a criança e suas perguntas difíceis aos adultos; os sonhos infantis; as crianças vítimas da guerra; a exploração do trabalho infantil;a criança como alegria do mundo; a criança e seus brinquedos e brincadeiras – são algumas abordagens para serem exploradas.
Esclarecimento: como nos últimos anos, o Salão sempre tem um Prêmio Temático especial, que já foi “Meio Ambiente…