Pular para o conteúdo principal

Groo, o errante nº 01

Oi! Hoje quero apresentar um personagem de HQ muito louco, Groo o errante. Uma versão zombeteira de Conan o bárbaro. Criado por Sergio Arragonés, Groo é um bárbaro muito burro e atrapalhado que vive as mais bizarras aventuras. O interessante desta revista é que (assim como as histórias de Asterix o gaules, faz referência a antiguidade), elas são recheadas de referências históricas do perído medieval. Bem...boa leitura.


Comentários

  1. Parceria
    http://baixargibisgratis.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem. Cadê o código do banner. Passei em seu blog e não encontrei.

      Excluir
    2. Copiar e colar não serve não. É preciso tem o código do banner, senão aquela animação que ele tem não funcionará.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Perspective for Comic Book Artists

Olá, gente! A pedido de um amigo seguidor do DESENHURAS, posto aqui um livro de desenho sobre perspectiva para quadrinhos de David Chelsea, que por sorte encontrei em meus arquivos, pois nem me lembrava de tê-lo aqui. Bom, o livro está em inglês, mas mesmo assim dá para estudar a aplicação da perspectiva nos quadrinhos. Um abraço a todos.

Burne Hogarth em português

Olá, gente!

Segue ai um ótimo livro do desenhista de quadrinhos estadunidense Burne Hogarth. Esta versão está em português e foi publicada em e-book gratuíto pelo blog Desenhistas Autodidatas cujo link segue ai para possíveis visitas: http://desenhistasautodidatas.blogspot.com.br/. Achei importante contribuir com a divulgação e por isso estou postando aqui também o e-book. Quem desejar conhecer este blog, eu recomendo, pois é muito interessante e também tem muito material sobre a arte de desenhar. Bem, até a próxima. 

Novo desenho feito direto no PC

Uma nova tentativa de desenho com a mesa digitalizadora Wacom e o software livre MyPaint. Não vou negar que estou achando muito frustrante desenhar olhando para a tela do computador ao invés de olhar para o lugar onde estou desenhando. Mas, fazer o quê? Quem não tem como comprar uma daquelas mesas digitalizadoras de alta qualidade, se vira com o que consegue.